Após o rebaixamento do Paysandu para a Série C do Campeonato Brasileiro, os torcedores buscam explicações pela queda para a Terceirona e em meio a cobranças, o técnico João Brigatti e o presidente do clube, Tony Couceiro falaram sobre o prejuízo após a derrota para o Atlético-GO, neste sábado (24).

“Peço muitas desculpas à torcida do Paysandu, mas tem que ser homem para vestir e honrar a camisa desta instituição, pois a torcida fez a parte dela hoje. Fico triste e espero que o clube se reorganize para voltar mais forte”, falou o técnico João Brigatti.


Já Tony Couceiro destacou a queda financeira do clube e a temporada bicolor que termina com um prejuízo enorme. “A queda para a Série C é preocupante pela perda de receita e em dezembro pretendo entregar o clube de forma administrável para o Ricardo Gluck Paul, mas espero que o Paysandu possa voltar mais forte para a Série B. Se conseguimos voltar em 2014 após cair um ano antes, porque não pode acontecer novamente”.

Agora, o Paysandu vive seu período eleitoral e com uma chapa, Ricardo Gluck Paul será o novo presidente do clube, em pleito previsto para a próxima quarta-feira (28).

Quando estava tudo contornado, alguns torcedores do Paysandu esperam dirigentes e jogadores do lado de fora do estádio da Curuzu para protestar e o clima está tenso na saída dos atletas.

  • E MAIS: Quer comprar material esportivo mais barato? Clique Aqui

(DOL)

1 COMENTÁRIO

  1. Presidente do Paysandu, quer explicar agora a perda financeira com a queda.

    Ele ofereceu 300 mil para os atletas pela permanência, porque ele não pegou 500 mil e ofereceu ao Atlético Goianiense, futebol não é só feito de bons jogadores e sim de bons dirigentes. E o Paysandu este ano não teve nenhum e nem outro.

    Parabéns diretoria marketeira, só esqueceu de formar um time a altura da torcida.

    Caiu por culpa da diretoria ( vocês dirigentes são culpados)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui