O fim de semana para o futebol paraense foi quase perfeito, como um céu de brigadeiro, onde Remo, Paysandu e Bragantino venceram seus jogos e apesar do empate no fim, o Independente mostrou que está reagindo na Série D.

A quarta divisão está muito bem obrigada para o Tubarão do Caeté, que vem seguindo a passos largos rumo a sua classificação. A última vítima foi o Galvez-AC, vice-líder da chave e que está próximo da classificação, porém o time acreano não foi páreo para a turma de Cacaio e de seus destaques, o volante Túlio e o atacante Canga.


Sobre a Série C, o Paysandu vai vir motivado e tem tudo a crecer nos próximos jogos, pois das seis partidas, duas serão fora de casa e uma delas é contra o Imperatriz-MA. São 13 dos 18 pontos que separam o Papão da vaga no quadrangular segundo os matemáticos.

Para isso, João Brigatti chega motivado a recolocar o Paysandu na Série B e o mesmo chega disposto a apagar as dores do passado, em busca do objetivo.

Do outro lado da rua, o Remo fez saldo e venceu o Imperatriz-MA, mas o triunfo não iludiu Paulo Bonamigo que sabe o que separa a equipe do quadrangular: seis pontos e a operação classificação começa num jogo diante de um concorrente direto, contra o Vila Nova-GO, equipe goiana que tem campanha semelhante ao Leão.

Resta ao Leão fazer até mesmo o dever de casa e também pontuar fora, pois isso ajuda a si mesmo e também ao maior rival, pois o Re-Pa da última rodada poderá ser menos decisivo (ou não) do que a do ano passado.

Cartas, tarot, matemática e a fé estão aí para os torcedores e tudo pode acontecer em uma reta final que promete emoções a azulinos e bicolores.

(Diego Beckman)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui