Foto; CBF

O Paysandu relembra hoje um ano da conquista do título de  campeão da Copa Verde 2016. No segundo jogo da decisão, realizado no dia 10 de maio,  a equipe bicolor foi derrotada pelo Gama por 2 a 1 no estádio  Bezerrão-DF, mas ficou com o título por conta da vitória por 2 a 0 no jogo de ida em Belém , no Mangueirão.

– Confira os melhores momentos do jogo de ida entre Paysandu e Gama

Confira os detalhes dos gols da partida de volta:

No primeiro tempo, o meia Raí, logo aos dois minutos, recebeu na frente e bateu no canto direito, abrindo o placar para o Paysandu.

Na etapa final, aos 28 minutos, Rafael Grampola ganhou de Lombardi no alto e deixou tudo igual com toque de cabeça no canto. Três minutos depois, o mesmo Grampola apareceu novamente, foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Ele bateu e virou o placar para o Gama.


Paysandu garantiu a Taça apesar da derrota

Gilvan,Cristian, Rai, Roniery , Pablo, Lucas e Celsinho, comemoram o título inédito de Campeão da Copa Verde. (Foto: CBF)

A equipe brasiliense tinha de fazer mais dois gols para ficar com o título, já que no placar agregado estava 3 a 2 para o bicolor paraense, mas o Papão se defendeu bem e garantiu que a taça fosse para Belém.

Campanha do Campeão

O Papão conquistou a Copa Verde pela primeira vez em sua história, com a  campanha que teve seis vitórias, um empate e uma derrota.

 

Ficha Técnica: Gama-DF 2 x 1 Paysandu

Local: estádio Bezerrão (em Gama-DF);

Data: 01.05.16

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO);

Assistentes: Cristian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO); 4º árbitro: Rodrigo Batista Raposo;

Público pagante: 9090 torcedores; Renda: R$ 120.830,00;

Gols: Raí aos 2’ do 1º; Raphael Grampola aos 29’ e 34’ do 2º;

Cartões amarelos: Eduardo e Ítalo (Gama); Augusto Recife, Emerson, Raí e Roniery (Paysandu);

Expulsões: Raone (Gama) Ricardo Capanema (Paysandu);

Gama-DF

Pereira; Dudu Gago (Adriano), Pedrão, Eduardo (Formiga) e Makeka; Lucas Judvan (Ítalo), Tiago Gaúcho, Fábio Gama e Héricles; Raone e Raphael Grampola. Técnico: Reinaldo Gueldini.

Paysandu

Emerson; Roniery, Fernando Lombardi, Gualberto e Lucas; Ricardo Capanema, Augusto Recife, Raí (Rodrigo Andrade) e Celsinho; Fabinho Alves (Raphael Luz) (Paulinho) e Leandro Cearense. Técnico: Dado Cavalcanti.

8 COMENTÁRIOS

  1. Cuando tenia la ocasión de apreciarte muy frecuentemente sin conocerte,
    sentia la alegria pero sublime en mi ánima, ahora que he tenido la oporunidad de conocerte no tengo ni la oportunidad de verte, ni la alegria que sentia ya antes de conocerte.

  2. Olá Poⅾia jurar que visitou este site anteѕ, mas depois
    navegando através dе muitos dߋ artigos percebi գue é novo рara mim.
    De quɑlquer fߋrma eu sou certamente feliz Εu tropecei
    em ϲima e eu vou seг livro marcação e checando
    frequentemente!

  3. É como você ler minha mente! Você aparecem ѕabеr tantօ sߋbre isto, cοmo você escreveu ο livro
    nele ou aⅼgo assim. Ꭼu acho ԛue você pοdе com alguns fotos ρara levar para
    casa a mensagem um pouco , mаs além de ԛue, este é
    magnífica blog. Um grande ler. Vou definitivamente volta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui