O ex-goleiro Danrlei, ídolo do Grêmio, com passagem pela seleção brasileira e pelo Clube do Remo, participou de um programa de entrevista no Esporte Interativo, comandado pelo jornalista André Henning. Entre as revelações, o ex-jogador contou um pouco da sua passagem pelo Leão.

Danrlei afirmou que a situação de jogar no Remo era bem complicada, com direito a salários atrasados e ajuda na compra de materiais para outros jogadores do elenco.


“Me liga um amigo, ‘me ajuda aqui, eu estou vindo para o Remo e eu preciso de ti’. Eu disse: ‘cara, eu não tenho mais capacidade, por mais que eu queira’. Em times menores é difícil. Por mais que você tente ajudar. Tu tens que comprar Gatorade para a turma, tu tens que não receber (salário). Tu ajuda todo mundo. É muito mais pela amizade do que no salário”, contou.

Danrlei esteve no Clube do Remo em 2007 e realizou 17 jogos com a camisa do Clube de Periçá, na Série B. Antes, o jogador havia passado por clubes como Grêmio-RS, Fluminense-RJ e foi convocado duas vezes para defender a seleção do Brasil.

(DOL)

1 COMENTÁRIO

  1. É lamentável um comentário desse a respeito de um clube de massa como o Clube do Remo, e ainda ter gente que publica como se fosse bonito, uma coisa linda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui