Depois de Espanha, Portugal e Argentina garantirem vaga às oitavas de final da Copa do Mundo no sufoco, com muito drama, nessa quarta-feira a Alemanha ficou pelo caminho ao perder para a já eliminada Coreia do Sul. Os atuais campeões mundiais terminaram a primeira fase na lanterna do grupo F e deram adeus à competição em um vexame histórico.

O resultado alemão repercutiu bastante dentro da Seleção Brasileira não só pela tradição dos europeus, mas também porque a equipe algoz do Brasil na Copa do Mundo de 2014, no fatídico e inesquecível 7 a 1, era uma possível candidata a se colocar no caminho do time de Tite já nas oitavas de final.

 

“Difícil, surpresa para todos, Alemanha foi campeã na Copa passada, mostra que o futebol está evoluindo a cada ano. A gente está vendo nessa Copa o quão difícil está sendo cada jogo”, comentou William, ao deixar o estádio Spartak, depois da vitória canarinho em cima da Sérvia.


“Era uma das favoritas, assim como outras grandes tiveram dificuldades: Portugal, Espanha, Argentina… Não tem time bobo”, disse Renato Augusto, usando até mesmo o triunfo brasileiro dessa quarta como exemplo do que precisa ser feito em campo para não acabar com uma campanha frustrada.

 

“O gol dá uma tranquilidade maior. A equipe conseguiu trabalhar mais a bola, depois do gol a Sérvia teve de sair um pouco mais, a Sérvia ficou mais aberta, mas temos de estar preparado para todas as situações. Essa Copa é meio louca”, avaliou, sucinto também ao ser questionado sobre o México, adversário dos pentacampeões na segunda-feira, às 11h (horário de Brasília), pelas oitavas de final. “Time forte, surpreendeu a Alemanha… Copa louca, temos de estra preparados para tudo”, concluiu.

Já Gabriel Jesus evitou qualquer comentário tanto sobre os alemães quanto sobre os mexicanos. Para o camisa 9, que ainda não marcou gol nessa Copa do Mundo, a Seleção Brasileira não tem de ficar olhando para o lado.

“Eu confesso que eu não fico estudando confrontos, o que pode dar não dar, a gente não tem de escolher adversário. Quem vier a gente tem de enfrentar da mesma maneira, com o objetivo de ganhar”, encerrou o jovem centroavante do Manchester City.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui