Misturando alívio e decepção, o Campeonato Brasileiro para o Clube do Remo termina no próximo sábado (11), quando enfrenta o Náutico-PE no Mangueirão. Após isto, serão ao menos quatro meses sem partidas oficiais, voltando a jogar apenas no Campeonato Paraense de 2019.

Este tempo pode ajudar a refletir sobre a atual condição do clube de Periçá. Nos últimos dez anos, o Leão Azul conseguiu fazer somente uma boa campanha, a ponto de chegar a brigar pelo título de uma competição nacional: a última divisão do futebol brasileiro, Série D, em 2015.

  • Naquele ano, o Remo conseguiu o tão esperado acesso para a Série C e chegou longe no Campeonato Brasileiro após desbancar adversários como Nacional-AM, Palmas-TO e Operário-PR, mas parou na semifinal para o Botafogo-SP, que seria o campeão daquela edição.

Em outras seis edições, o Remo amargou eliminações inesperadas na própria Série C, como para o América-RN, onde precisava de uma vitória para ir ao mata-mata. Em outros anos, ainda quando disputava a Série D, o time remista parou na segunda fase.

Na última década, o Remo não participou do Campeonato Brasileiro três vezes devido a campanhas ruins no Campeonato Paraense.


Apesar de tudo isso, por incrível que pareça, o Leão pode fazer sua melhor campanha dos últimos anos. Caso vença o Náutico-PE e consiga uma grande combinação de resultados, a equipe azulina ainda pode terminar em quinto lugar, atrás apenas dos classificados para a segunda fase do torneio.

VEJA A POSIÇÃO DO REMO NOS ÚLTIMOS DEZ ANOS:

2008 – Série C – 28º

2009 – Não disputou

2010 – Série D – 16º (eliminado na 2ª Fase)

2011 – Não disputou

2012 – Série D – 10º (eliminado 2ª Fase)

2013 – Não disputou

2014 – Série D – 14º (eliminado 2ª Fase)

2015 – Série D – 3º (Acesso)

2016 – Série C – 6º (eliminado na 1ª fase)

2017 – Série C – 7º (eliminado na 1ª fase)

(DOL)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui