Em situação complicada na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série B, perto da zona de rebaixamento da competição, o Paysandu está com dificuldade para honrar seus compromissos, pelo menos os dos funcionários do clube.

O Diário Online apurou que o direito de imagem dos atletas estaria com dois meses de atraso, mas o clube bicolor informou que a situação não procede, e que todos os salários dos atletas, que já incluem tal benefício, estão em dia, no entanto outros funcionários do clube estão com atraso em seus vencimentos.


“O Paysandu Sport Club informa que os salários dos jogadores sempre estiveram em dia. Excepcionalmente os vencimentos dos demais funcionários do clube referentes ao mês de agosto vão ser pagos na próxima sexta-feira (15)”, informou o clube.

Enquanto isso, o Papão se prepara para o próximo jogo na Série B, neste sábado (16), às 16h30, contra o ABC-RN, com cobertura lance a lance do DOL.

(DOL)

3 COMENTÁRIOS

  1. torcida do Paysandu vamos mostrar a nossa força vamos tira essa diretoria do nosso Paysandu pelo amor de Deus olha quem eles estão querendo mandar embora o Capanema o Lombardi esses bando de loucos isso não está certo cara eles tem que mandar embora e eles mesmos essa comissão técnica todinhas esse Renato Augusto esse Diogo Oliveira esse Marquinhos santos juntamente com esse Rogerinho são muitos bandidos manda esse peladeiro do Rodrigo Andrade embora qual a moral que esses caras tem velho pra mandar os jogadores que pelo menos eles correm horon a camisa do Paysandu pelo amor de Deus nunca deixe esses pilantras fazerem isso tem um monte de bombas aí na Curuzu só comendo é bebendo velho

  2. A diretoria vem tratando mal a torcida desde o início do ano não atendento suas reclamações, priorizando um tal de Planejamento Estratégico em detrimento a formação de um time competitivo.
    Resultado: o públco se afastou dos estádios, parou de consumir os produtos LOBO e não paga mais o Sócio Torcedor. Parece que uma forte crise está chegando, mas ainda há tempo para evitá-la bastando parar de fazer ouvido de mercador e ter um pouco de humildade para reconhecer os erros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui