Os torcedores não estão nada satisfeitos com a atuação remista na Série C e resolveram bater um papo com os jogadores e comissão técnica após o treino desta sexta-feira (04), no estádio do Souza.

Membros da torcida “Remoçada” resolveram pedir mais “raça” para os jogadores. Ao perceber a movimentação e as cobranças que tiveram mais ênfase sobre o atacante Isac, o técnico Givanildo Oliveira não gostou e foi conversar com um grupo de pelo menos nove pessoas.

Givanildo disse que esse tipo de atitude atrapalhava o ambiente de trabalho. O treinador azulino não demorou ouvindo os torcedores e seguiu com os jogadores para o ônibus que transporta a delegação.


O clima ficou meio tenso, mas sem violência.

A campanha do Remo na Série C até aqui é de duas derrotas e uma vitória. O clube ocupa a oitava colocação do grupo A.

O Leão recebe o Santa Cruz-PE neste sábado (05), no estádio Mangueirão, às 16h

(Com informações de Matheus Miranda/Diário do Pará)

1 COMENTÁRIO

  1. A manifestação da torcida não é contra o treinador e sim contra esse amontoado de jogadores que, de uma hora para outra, resolveram não jogar mais nada.

Deixe uma resposta para Claudio Cancelar resposta

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui