O dia 24 de abril pode ser considerado o mais importante da história do Paysandu Sport Club. Nesta data, no ano de 2003, o time bicolor entrava para a história do futebol brasileiro e até mundial, ao derrotar um dos clubes mais importantes do continente, o Boca Juniors-ARG, dentro do estádio de La Bombonera.

A partida valeu pelas oitavas de final da Libertadores da América, onde o Paysandu ficou com o primeiro lugar do grupo 2, enquanto que o Boca Juniors teve dificuldades para garantir a vaga, na última rodada e ficando atrás do Independiente, da Colômbia.

O Papão vinha de um empate em 4 a 4 contra a Ponte Preta-SP, em Campinas (SP) e derrotou os argentinos por 1 a 0, com gol do cearense Iarley, que algum tempo depois seria contratado pelo time Xeneize.


A vitória se tornou emocionante após o time paraense ter dois jogadores expulsos – Robgol e Vanderson – sem contar na pressão argentina após o gol, mas as investidas acabaram parando nas mãos do goleiro Ronaldo, que segurou o placar.

A vitória é lembrada pela torcida até hoje, que coloca o Papão no grupo de times brasileiros que derrotaram o Boca dentro de seu estádio. Santos-SP, Cruzeiro-MG e Fluminense-RJ conseguiram realizar a façanha.

No último sábado (22), por conta da partida contra o São Raimundo, ex-jogadores que estavam no plantel bicolor foram homenageados pela diretoria do clube, no estádio Mangueirão.

Foto: Fernando Torres/ Ascom Paysandu.

(DOL)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui