O Clube do Remo não conseguiu fazer o dever de casa e tropeçou diante do lanterna do grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. O empate em 1 a 1 contra o Cuiabá-MT, neste domingo (28), no Mangueirão deixou os azulinos de fora do G4 do grupo A da Terceirona, para revolta da torcida azulina.

CONFIRA OS LANCES DO JOGO

No primeiro tempo, o Cuiabá-MT começou a mandar no jogo e teve chances para abrir o placar, como no chute de Pereira, que colocou o goleiro Vinicius para trabalhar.

A resposta do Remo animou a torcida; em jogada pela direita, a bola sobrou para Mikael, que aproveitou o rebote do goleiro para abrir o placar: Remo 1 a 0.

Depois do gol, ao invés do Remo atacar foi o Cuiabá-MT que chegou com mais perigo ao gol remista. O goleiro Vinicius teve alguns sustos no fim do primeiro tempo, com a pressão do time visitante.

Pressão esta que se manteve em todo o segundo tempo. Na cabeçada de Elias, o camisa 1 azulino fez milagre para evitar o gol de empate.


De tanto insistir, o time do Mato Grosso chegou ao empate: Elias tocou por cima do goleiro e deixou tudo igual.

Com o empate e a má atuação, a torcida azulina perdeu a paciência com o time e com o técnico Josué Teixeira, que não se livrou da ira do Fenômeno Azul.

Com o empate, o Remo ocupa a 6ª posição da Série C e volta a campo no dia 5 de junho, quando enfrenta o Confiança-SE, fora de casa.

FICHA TÉCNICA

REMO: Vinicius; Daniel Damião (Tsunami), Henrique, Bruno Costa e Gerson; João Paulo, Mikael, Marcelo Labarthe e Danilinho (Ronny); Nino Guerreiro (João Victor) e Edgar.

Técnico: Josué Teixeira

CUIABÁ: Henal; Bruno Moura (Gedeilson), Douglas Mendes, Heverton e Rafael Estevam; Carlão, Léo Salino, Gabriel Ramos (Bruno Veiga) e Pereira; Elias e Bruno Sávio (Juba).

Técnico: Roberto Fonseca

ÁRBITRO: Carlos Ronne Casas de Paiva (AC)

ASSISTENTES: Fabio Pereira (TO) e José Araújo Sabino (DF)

CARTÕES AMARELOS: Henrique e Tsunami (REM) / Pereira e Leo Salino (CUI)

RENDA: R$ 139.900,00

PÚBLICO PAGANTE: 6.061

PÚBLICO TOTAL: 7.531

LOCAL: estádio Mangueirão / Belém (PA)

(Diego Beckman/DOL)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui