A temporada de Jóbson no Independente foi curta, pois a diretoria do Galo Elétrico anunciou nesta quarta-feira (11), a saída do jogador do clube.

Segundo uma reunião, o jogador e a diretoria conversaram e entraram em um acordo para a saída do atleta, que teve uma atuação negativa na goleada sofrida para o Paragominas, no último domingo (8).

Além de perder uma cobrança de pênalti, o jogador ainda foi expulso e chorou muito nos vestiários, porém um vídeo que circula nas redes sociais mostra o jogador cantando após o jogo disputado no estádio Navegantão, no último fim de semana.


“Ele foi expulso e acabou indo cantar em uma casa de show após o jogo. Muitos torcedores mostraram o vídeo e decidimos tomar esta providência de dispensar o jogador após comum acordo”, diz o presidente do Independente, Deley Santos.

O atleta recebeu o valor combinado pelo clube e deixa a equipe sem marcar sequer um gol com a camisa do Independente. Além disso, o filho do jogador, de sete anos foi baleado no Distrito Federal

Enquanto isso, o técnico Léo Goiano arma o time que no sábado (14), enfrenta o Remo, em jogo de vida ou morte para a equipe que sonha com classificação as semifinais do Parazão.

JOGADOR POLÊMICO

Em 2015 o jogador foi suspenso pela Fifa e impedido de realizar atividades relacionadas ao futebol, após ter se negado a se submeter a um exame antidoping. Na época, o atacante atuava pelo Al-Ittihad, da Arábia Saudita.

Neste período de suspensão, Jobson teve seu nome envolvido em um escândalo: o de crime de estupro, e foi preso três vezes. Ele foi acusado de estuprar uma adolescente em 2016, em Conceição do Araguaia. A jovem também acusa o jogador de ter “vazado” suas fotos íntimas em grupos de mensagem. Ele nega todas as acusações.

Em 2017, Jobson é preso novamente. Desta vez, após se envolver em um acidente de trânsito, onde teria tirado a vida de um homem, mas pagou fiança e foi liberado.

(DOL)

1 COMENTÁRIO

  1. Uma pena um jogador que tinha todas as chances de ser dar bem como jogador…Mas os clubes pequenos tem que se profissionalizar bem antes de contratar um jogador que já demonstrou que profissional nunca foi…vida que segue….merece ser rebaixado por inexperiência e tanto amadorismo por parte de quem administra…

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui