Muitos torcedores pediram, mas Alberto Maia foi enfático ao falar sobre a sua volta à presidência do Paysandu: “Não tenho nenhum interesse em retornar, até porque já dei a minha parcela de contribuição ao clube”, disse nesta sexta-feira (07) ao DOL.

O ex-presidente foi convidado por Tony Couceiro para prestar serviços ao clube no período da sua gestão, que irá durar pouco mais de 17 meses. “O Tony me fez o convite e me coloquei à disposição. Vamos conversar hoje para saber em que posso ajudar”, contou Maia, que destacou ainda que Tony contribuiu muito com sua gestão.


Alberto Maia foi presidente do Paysandu no último biênio (2015-2016). Sob seu comando, o time conseguiu um título do Parazão e uma Copa Verde. Fora das quatro linhas, a gestão de Maia foi responsável pela reformulação da sede do clube, criação da marca Lobo e do aplicativo do clube, a aquisição do ônibus, inauguração do hotel, iniciou das obras do Centro de Treinamento e fachada do estádio da Curuzu, além de algumas obras no local.

O mandato Tony Couceiro já inicia com um momento conturbado no clube, que vive momentos difíceis na Série B. Sem vencer há 8 jogos, o Papão está na beira da zona de rebaixamento da competição.

(Bruna Dias/DOL)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui