Celebrando a conclusão da primeira etapa de restauração do Estádio Evandro Almeida, o Baenão, a torcida do Clube do Remo compareceu ao local em grande quantidade para comemorar a iniciativa do projeto ‘Retorno do Rei ao Baenão’, na manhã de ontem. Além da entrega oficial da arquibancada da Avenida 25 de Setembro, que agora está preparada para receber público nos dias de jogos, o evento contou também com atrações musicais para os presentes.

Veja imagens

A iniciativa dos torcedores aponta o começo de uma nova fase no estádio centenário, por isso o Remo tem motivos de sobra para comemorar o primeiro passo da volta do Baenão. Isso por que com jogos realizados no local, além da garantia de toda a receita bruta para a instituição, o que ajudará o Mais Querido financeiramente, o próprio desempenho do time em campo, jogando em casa, pode mudar para melhor. De 2000 até 2014, quando o Remo parou de realizar jogos como mandante no estádio, a equipe venceu 108 partidas de 160 jogos. Desse total, sofreu apenas 16 derrotas, 67, 5% de aproveitamento.

CONQUISTA


O coordenador geral do projeto, Raimundo Simão, comenta sobre reativar o caldeirão azul-marinho. “O projeto é esse: deixarmos o nosso estádio apto para jogos, além de modernizá-lo e deixá-lo em condições atuais. Todo remista se recorda que, quando os jogos eram no Baenão, não tinha para ninguém. Esse primeiro passo é muito importante por isso”, explicou.

“Enquanto alguns criticam o fato de estarmos tirando dinheiro do próprio bolso para reabrir o nosso estádio, estamos comemorando esse feito grandioso. O nosso coração é muito grande para ser ocupado por paixão. Aqui no Remo a torcida tem amor”, cutucou o torcedor Renato Frazão.

DIRETORES PROMETEM BOAS NOVAS

Na manhã de hoje, os diretores de futebol do Clube do Remo, Milton Campos e Paulinho Araújo irão, de forma oficial, apresentar suas propostas administrativas para a instituição, em coletiva, no estádio do Baenão, em Belém. Após portaria assinada pelo presidente Manoel Ribeiro, na última sexta-feira (20), oficializando a nova direção, a dupla deverá expor os primeiros passos a serem tomados no clube.

Uma das metas é promover parceria com uma empresa para o suporte nas obras do Baenão, além da nomeação de um treinador para o time profissional que será montado para a próxima temporada.

HORA DE ACALMAR

De acordo com o diretor Paulinho Araújo, o momento será importante para levar certezas e calmaria para os torcedores. “Na hora certa as coisas serão ditas. E esse é um momento para isso. Vamos destacar algumas visões, alguns encaminhamentos. Vamos fazer o melhor para o clube e para o torcedor, que já estava impaciente”, disse Paulinho.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui