Remo e Águia se enfrentaram na tarde deste domingo (2) no estádio Baenão, pela 9ª rodada do Campeonato Paraense 2020. Mesmo passando sufoco, e atrás do placar no primeiro tempo, o Leão consegue a virada em cima do azulão marabaense e se classifica para a semifinal da competição.

A partida começou bem equilibrada. Os azulinos tentando a todo momento, criar jogadas, mas a zaga do azulão funcionou bem, e não dava espaço para as finalizações. E, logo aos 12 minutos de partida, após cobrança de escanteio, Carlos Neto pega o rebote do goleiro Vinícius e manda para o fundo do gol. 1 a 0. Como reação, o Remo ainda mete uma bola na trave aos 22 minutos com Gelson.

Aos 32′, Eduardo Ramos é derrubado na área e sofre pênalti. O meia cobra, mas o goleiro do Águia defende em dois tempos. Mas, não demorou muito para os azulinos comemorarem. No minuto seguinte, Gustavo Ermel faz um belo gol de cobertura, e empata a partida. A reação do Águia veio aos 44 minutos, quando Bruno Oliveira cobra falta, e acerta o ângulo do goleiro Vinícius, sem chance de defesa. Águia 2 a 1.


Já na etapa final da partida, Mazola optou por tirar Xaves e Colocar Charles, mas os azulinos mostraram pouco entrosamento, principalmente do meio de campo para a frente. E, em várias investidas da equipe marabaense em “ganhar tempo” na partida, os azulinos correram atrás para virar, e conseguira. Aos 35′, após Robinho chutar forte, Bruno Colaço rebate e a bola sobra para Eduardo Ramos meter para o gol. Tudo igual.

Aos 46 minutos, o garoto Ronald cruza para Eduardo Ramos, que pega de primeira e marca o segundo dele na partida e o gol de virada do Remo. 3 a 2. O Águia sentiu a pressão e não conseguiu evitar o 4º gol azulino. Numa jogada que começou novamente com Ronald, após colocar Giovane na cara do gol, Douglas Packer chega e fecha a vitótia azulina. Remo 4 x 2 Águia.

Com a vitória, o Remo foi a 20 pontos, e ocupa a segunda colocação na tabela, atrás somente do Paysandu. Já o Águia está na 6ª colocação com 11 pontos, e com chances ainda de classificação.

O próximo adversário do Remo é Tapajós, que não tem mais chance de classificação, na quarta-feira (5), às 20h, no Mangueirão. O Águia enfrenta o Bragantino no estádio Baenão, com horário ainda a definir.

(DOL)

 

1 COMENTÁRIO

  1. Acredito que o Remo tem a melhorar, em conformidade ao número de partidas jogadas, permitindo maior entrosamento da equipe. Avante, Leão de Antônio Baena!

Deixe uma resposta para Mauro Reis Cancelar resposta

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui