Há esperança no Clube do Remo! Na briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série C, o Leão deu importante passo neste domingo (22), após vencer o Confiança-SE pelo placar de 2 x 0 e se aproximar dos times fora da zona de rebaixamento do grupo A1 da Terceirona.

Veja como foi o lance a lance!

O grande nome da vitória azulina foi o garoto Gabriel Lima, revelado na categoria de base do clube. O atacante marcou os dois gols, ambos no primeiro tempo, e garantiu três pontos preciosos ao Clube de Periçá.

Na próxima rodada, o Clube do Remo receberá o ABC-RN no Mangueirão, no domingo (29), às 19h. Em caso de vitória, o time paraense, que tem 15 pontos pode até deixar a zona de rebaixamento da competição. Juazeirense-BA e Salgueiro-PE, que estão na frente e se enfrentarão, estão com 16 pontos.


O JOGO

O Clube do Remo, como poucas vezes nesta Série C, fez um primeiro tempo para deixar o torcedor animado. Com proposta bem executada, o Leão foi melhor que o Confiança-SE e desceu para o intervalo com vantagem considerável no placar.

Mesmo longe de Belém, o time comandado por João Neto tomou a iniciativa e foi mais perigoso nos primeiros momentos. O gol, então, saiu em bela jogada ofensiva que culminou com a finalização de perna esquerda do atacante Gabriel Lima. 1 x 0.

Os donos da casa, que já estavam pressionados pela torcida, foram para cima e deixaram muitos espaços no campo de defesa. O Remo se aproveitou e, novamente no contra-ataque, Gabriel Lima apareceu entre os zagueiros e aumentou a contagem. 2 x 0.

O Confiança ainda tentou pressionar nos minutos derradeiros da primeira etapa, mas o Clube de Periçá teve tranquilidade para segurar a vantagem até o intervalo.

LEÃO VIVO!

No segundo tempo, o técnico Luizinho Neto, do Confiança, modificou o time e colocou mais atacantes, que pressionaram a saída de bola azulina e criaram grandes chances para diminuir o placar.

Já o Remo, se utilizou o famoso ditado do futebol e “soube sofrer”. O Leão aguentou a pressão inicial do adversário e aos poucos foi colocando seu jogo ofensivo de maneira mais efetiva novamente. Eliandro, bastante criticado em jogos anteriores, foi figura crucial no domínio das ações, segurando o jogo e criando bons lances para os atletas que chegavam fazendo o “facão”.

O Leão ainda teve algumas chances para marcar o terceiro gol, como em cobrança de falta de Rodriguinho e em chute cruzado de Nininho, mas a bola decidiu não entrar mais, o que garantiu o placar de 2 x 0 e a esperança renovada do torcedor remista.

(DOL)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui