Nesta segunda-feira (1°) completam 23 anos da morte de Ayrton Senna, um dos principais nomes do esporte nacional e mundial das últimas décadas.

Tricampeão mundial de Fórmula 1 (1988, 1990 e 1991), Ayrton reuniu colecionou momentos épicos na sua carreira, como em 1991, no GP do Brasil, em que, apesar de problemas mecânicos, conseguiu ganhar o Grande Prêmio de Interlagos. Relembre:


Em 1º de maio de 1994, no entanto, veio a corrida final. Ayrton Senna morreu durante o Grande Prêmio de San Marino, em Ímola. O brasileiro perdeu o controle de sua Williams e bateu na curva Tamburello. Antes do acidente, o piloto já havia demonstrado preocupação com o trecho:

O acidente deixou o Brasil atônito. Seu velório e enterro levaram milhares de pessoas até as ruas para se despedir de Senna. Ele não deixou filhos, mas seu sobrinho Bruno Senna, que já passou pela Fórmula 1 e atualmente está na Fórmula E, seguiu a carreira automobilística.

(Com informações do portal UOL)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui