A chegada da delegação do Paysandu a Belém, depois da derrota para o Juventude-RS por 1 a 0, ocorreu com muita tensão na tarde deste sábado (30), no Aeroporto Internacional de Belém. Um vídeo mostra o momento em que integrantes de uma extinta torcida organizada do clube avança contra o ônibus que conduzia o time, após desembarque no Aeroporto de Val de Cães.

A delegação bicolor foi obrigada a pegar uma saída alternativa do local com auxílio de seguranças.


Outros torcedores também protestavam pacificamente no local devido o atual momento do clube, que apesar da derrota se manteve na 12ª posição na classificação da Série B.

Na equipe bicolor, uma ausência: o técnico Marquinhos Santos não retornou a Belém e ficou em Curitiba (PR). Marquinhos foi até a cidade para se encontrar com a família, e enquanto isso, reuniões de bastidores podem definir seu futuro no clube bicolor.

Torcida foi ao Aeroporto para protestar, mas foi ‘driblada’ pelos jogadores do Papão. (Foto: Reprodução/Twitter)

O clube diz que entende e respeita toda e qualquer manifestação da torcida, desde que de forma pacífica. Por medidas de segurança, o clube seguiu uma orientação da Polícia Militar, com o aval da Infraero, de desembarcar na pista do Aeroporto.

O Papão volta a campo na sexta-feira (6), quando enfrenta o Boa Esporte-MG, fora de casa.

(DOL)

1 COMENTÁRIO

  1. ACHO EU QUE ESSES JOGADORES DO PAYSANDU DEVERIAM IR ANDANDO DO AEROPORTO PARA AS SUAS CASAS OU NEM TER VOLTADO DO SEUS ESTADO DE ORIGEM. DEVERIAM TER VERGONHA DE ESTAREM SE APROVEITANDO OU SE ORGULHANDO DE ANDAREM NUM ÔNIBUS QUE FOI COMPRADO PARA HOMENAGEAR OS ETERNOS CAMPEÕES DOS CAMPEÕES. MANDAR O CAPANEMA EMBORA E FICAR COM ESSES “CARAS” QUE VIERAM DE FORA, É BRINCADEIRA. O PAYSANDU ESTÁ BRINCANDO DE PERMANECER NA SERIE “B”. O QUE FOI QUE ACONTECEU COM O JOHNATAN. IRRECONHECÍVEL EM TODOS OS JOGOS QUE PARTICIPA. WANDICK CHEGUE E ARRUME A CASA DO PAYSANDU.

Deixe uma resposta para PEDRO FERNANDO S MAORES Cancelar resposta

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui