No seu segundo jogo como treinador do Paysandu, Marquinhos Santos quer diante do Londrina-PR mais que a vitória e o fim do jejum de vitórias do Papão na Série B: a vitória pode devolver a identidade do time ao estádio da Curuzu.


O treinador tem razão em falar sobre o assunto: dos seis jogos realizados em Belém, o Paysandu mandou três partidas no estádio da Curuzu e possui dois empates e uma vitória, com um aproveitamento de 55%.

“Antigamente, jogar aqui na Curuzu era sinônimo de derrota. Os times que conseguiam empatar aqui comemoravam como se fosse vitória, mas isso está perdido e os adversários acreditam que podem vencer o Paysandu. A mística da Curuzu não pode se perder e hoje espero que a torcida pressione o adversário e apoie o time, em busca da vitória”, frisou o treinador.

Sobre o time titular, o treinador já definiu o time, porém faz mistério.

“O time já está definido, mas só irei divulgar nos vestiários para surpreender o adversário”.

A partida entre Paysandu X Londrina-PR será nesta terça-feira (4), às 19h15 no estádio da Curuzu, em Belém.

(DOL)

1 COMENTÁRIO

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk não vai adiantar, vai perder de qualquer maneira kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui